O caso Moodle

Jump to: navigation, search

O Moodle é um software livre (open source). Isto é algo que a maioria das pessoas ignora o que seja e conclui que se é livre é apenas de graça. A primeira coisa a fazer é descobrir o que realmente é o Software Livre e suas consequencias, como:

  • Embora o software seja livre não quer dizer que a empresa que o produziu não esteja ganhando muito dinheiro de outras maneiras.
  • Voce tem garantido o direito de copiar, modificar e redistribuir o software, desde que voce garanta os mesmos direitos para todos aqueles que compartilham o software com voce.
  • Estes direitos significam que uma comunidade de entusiastas se desenvolve e comunica defeitos, conserta os problemas, testa o novo código e desenvolve novos programas para plugins e exensões. Resulta que voce tem os esforços da empresa mais os esforços da comunidade somados ao software.
  • Desta maneira o Software Livre tende a ser mais seguro, mais estável e desenvolvido de forma mais rápida do que o software proprietário de código fechado equivalente.


Cultural

Suporte

A caracteristica Código Aberto do Moodle significa que existe muito mais caminhos disponíveis para manutenção do que para os outros SGA - sistemas de gerencia de aprendizado proprietários.

  • Ajuda Pop-up - clicando os icones de ajuda em qualquer lugar que estejam ( quase todos campos em formulários e em muitos outros lugares) lhe dá acesso aos principais arquivos de ajuda que vem com o pacote.
  • Moodle Docs (este sítio) é construido pela comunidade e cada página que voce ve no Moodle tem um link para a documentação correspondente no Moodle Docs. Isto lhe poupa tempo e trabalho de criar seu próprio material de treinamento ou site e permite que voce agregue qualquer informação que deseje com todo conhecimento já acumulado.
  • Fóruns da comunidade - o curso 'using moodle' em moodle.org tem milhares de professores e programadores dedicados que participam das trocas de mensagens toda semana. Voce pode fazer uma pergunta diretamente, ou pesquisar todas as mensagens arquivadas desde 2001. Voce pode conversar com outros professores ou diretamente com projetistas e programadores do moodle.
  • Contratos de suporte e acordos de serviços pagos - moodle.com lista as companhias parceiras que fornecem suporte pago para sua instalação do moodle. Ao invés de ter que depender de uma única companhia para resolver seus problemas ou fornecer treinamento ( um verdadeiro monopólio, como acontece com os outros sistemas), voce dispõe de diversas empresas competindo para lhe fornecer treinamento e suporte, proporcionando preços menores e maior escolha.

Customização

A caracteristica de software livre (Open Source) do Moodle significa que voce é proprietário do sistema e tem direitos que lhe permite modifica-lo, ao invés do simples aluguel como é o caso com os sistemas concorrentes. Isto combinado com a imensa comunidade significa que existe uma enorme quantidade de plugins de terceiros disponíveis para voce adicionar funcionalidades que não vem no pacote padrão, por exemplo suporte para envio de mensagens de texto, podcasting, tipos novos de questionários, modelos de moléculas em 3D, etc. Voce pode também contratar um programador (veja moodle.com se necessário) para produzir algum plugin extra ou alteração que precisar, que se voce publicar em moodle.org poderá ser melhorado pela comunidade.

Filosofia

O Moodle é baseado em uma sólida fundação do construcionismo social (comunidade forte, experiências compartilhadas, construindo coisas juntos para outras pessoas verem e usarem) e cresceu a partir da pesquisa de pós-graduação de Martin Dougiamas, seu fundador. Outras empresas são guiadas pelo lucro, focalizando no mercado ditado pelo que os administradores das escolas pensam que precisam, ao invés do que realmente é melhor.

Inovação

O Moodle não é direcionado para aquilo que é mais vendável, assim o código que é desenvolvido, especialmente por terceiros, é de ponta da teoria educacional. A filosofia do software livre (open source) aqui também ajuda, uma vez que escolas e universidades muitas vezes desenvolvem o moodle para seu interesse próprio e fornecem o novo código para a comunidade. Exemplos recentes incluem o novo wiki, desenvolvido por uma equipe da Universitat Politecnica de Catalunya e o novo código para grupos desenvolvido pela Open University do Reino Unido.

Usabilidade

Para dar suporte a um servidor de serviços personalizados e automatizados, de aprendizado com caminhamento individual e específico, o acesso, recebimento e apresentação do material deve ser fácil de usar e altamente intuitivo - como surfar na internet ou fazer compras na livraria Amazon.com.

Talvez a melhor frase para resumir a usabilidade do Moodle seja: "simples e podereso".

Consulte também Moodle usability.

As Interface guidelines objetivam ajudar o trabalho de desenvolvedores na direção de um sistema altamente usável. E o consenso geral é que nesta área o Moodle excede.

Técnica

Alta Disponibilidade

O SGA deve ser robusto o bastante para atender as diversas necessidades de milhares de estudantes, administradores, desenvolvedores de conteúdo e instrutuores simultaneamente.

Padrões de uso irão variar muito conforme o contexto específico da apresentação. Mas em geral, o Moodle apresenta uma interface baseada na web de grande disponibilidade, permitindo estudantes, tutores e administradores rotineiramente logar e fazer suas tarefas diárias. Veja a seção de escalabilidade para outras informações importantes.

Escalabilidade

A infraestrutura deve ser capaz de expandir ou mudar de escala para acomodar o crescimento futuro, não só no volume de instruções como também na quantidade de estudantes.

O Moodle roda em uma grande variedade de opções técnicas de servidores web e banco de dados. Como em qualquer instalação de um sistema de software em um computador servidor, é crucial refinar cuidadosamente a escolha do hardware, sistema operacional e sistema de banco de dados, para assegurar que o sistema tenha um bom desempenho. A maior instalação do Moodle até a data desta redação (Open Polytechnic da Nova Zelandia) suporta mais de 45.000 estudantes e mais de 6.500 cursos registrados. Existe uma página sobre outras grandes instalações.

O consenso na comunidade Moodle é que um servidor web baseado no Linux, rodando o Apache, com PHP instalado bem como um acelerador de PHP, é normalmente a melhor escolha e que o servidor de web e o servidor de banco de dados devem estar em máquinas separadas.

É possível fazer um balanço de carga de uma instalação Moodle, por exemplo usando mais de um servidor wheb se necessário. O servidores web separados devem consultar o mesmo banco de dados e usar a mesma area de dados, fora isto a separação das camadas da aplicação é suficiente para tornar possível este tipo de cluster. De forma semelhante, o banco de dados pode ser distribuido em um cacho de servidores ( p.ex. um cacho MySQL).

Tudo isto demonstra que a arquitetura do Moodle facilita atender a futuras demandas, adaptando as tecnologias nas quais ele roda. Isto é possível mesmo em um ambiente em produção, para melhorar o desenpenho sem grande interrupção.

Interoperabilidade

Par dar suporte a conteúdo de diferentes formatos e múltiplos fornecedores de soluções de hardware/software, o SGA - Sistema Gerenciador de Aprendizagem deve trocar informações usando padrões abertos da industria para apresentação na web.

  • Para autenticação, O Moodle suporta autenticar em um LDAP, que é o protocolo padrão mais utilizado para este fim. Ele também suporta atutenticação baseada em pesquisa em banco de dados (p.ex. em um banco Oracle externo ), ou no protocolo Shibboleth , ou alternativamente usando IMAP, NNTP, CAS ou FirstClass.
  • Para inscrição, o Moodle suporta o uso de um servidor LDAP (p.ex. Active Directory), e o IMS Enterprise padrão (via um plugin obtido através de download).
  • Para conteúdo, existem vários aspectos:
    • O Moodle suporta a importação/exportação de Objetos de Aprendizado Reutilizaveis empacotados conforme os padrões de conteúdo SCORM / IMS.
    • Questões de Quiz podem ser exportadas no formato padrão internacional IMS QTI 2.
    • Alimentador de Notícias RSS podem ser integrados ao sitio ou curso do Moodle.
    • Discussões de Forum podem ser acessadas por um alimentador de notícias RSS, e a partir daí integradas em outros sistemas ou websites com RSS.

O uso de XML para importação/exportação é padrão no Moodle. Os métodos de troca de informações dos "serviços web" com outros sistemas (p.ex. por SOAP ou XML-RPC) ainda não é padrão - mas está em pleno desenvolvimento.

Estaliblidade

O SGA - Sistema Gerenciador de Aprendizagem deve, de forma eficiente e confiável, gerenciar uma grande instalação rodando 24x7.

Este é o mesmo assunto que foi discutido em Disponibilidade e Escalabilidade acima.

Segurança

Como em qualquer solução colaborativa aberta, o SGA - Sistema Gerenciador de Aprendizagem pode limitar e controlar seletivamente o acesso online ao conteúdo, recursos, funções de retaguarda, internamente e externamente, para sua comunidade de diversos usuários.

O sistema atual de funções do Moodle inclui administradores, professores, professores sem privilégio de edição (algumas vezes chamados de tutores), estudantes e visitantes. Cada um tem seu conjunto bem definido de privilégios e não pode ir além do permitido.

A unidade básica de organização é o curso. Um adiministrador pode designar qualquer número de professores (com ou sem direitos de editar) para um curso, que terá sua própria área de arquivos bem como seus próprios foruns de discussão e outras atividades. Professores podem decidir qual conteúdo será visivel ou não para os estudantes.

O Moodle é projetado e auditado par ser seguro dentro dos seus propósitos. Um site com assuntos/anúncios de segurança existem em http://security.moodle.org

Veja Também