Guia rápido da instalação

Jump to: navigation, search

Esta página é destinada a administradores que possuem experiência em instalar aplicações em servidores web, tem pressa para instalar e botar para funcionar. Se não for o seu caso, por favor veja Instalando o Moodle.

Requisitos Básicos

  • Você precisa de um servidor web funcionando (p.ex. Apache), um banco de dados (p.ex. MySQL, MariaDB ou PostgreSQL) e tenha o PHP configurado. Veja as notas de lançamento na documentação para desenvolvedores, para conhecer os requisitos mínimos de software.
  • O Moodle precisa de algumas extensões PHP. No entanto, o Moodle confere isso logo no início do processo de instalação e você pode consertar o problema e reiniciar o script de instalação se faltar algum.
  • Se você quer que o Moodle envie emails (provavelmente sim) você precisa de um Sendmail (Unix/Linux) funcionando no seu servidor ou acesso a um servidor SMTP.

Pegando o Moodle

Você tem duas opções:

  • Baixe a versão necessária do site http://moodle.org/downloads ... OU
  • Baixe o código do repositório Git (recomendado para desenvolvedores e também faz o upgrade mais simples):
git clone -b MOODLE_{{Version2}}_STABLE git://git.moodle.org/moodle.git 

...isto busca uma cópia completa do repositório Moodle e muda para a 3.2 Estável.

Veja Git para Administradores para detalhes em usar o Git para instalar o código do Moodle.

Nota: Apenas baixe o Moodle de uma das fontes do moodle.org. Outras versões (p.ex. instaladores a partir do painel de controle, repositórios de distribuição do Linux) não tem garantia de funcionar, aceitar upgrade/atualização ou passível de suporte.

Criar um banco de dados

  • Usando seu servidor de banco de dados, crie uma nova base de dados vazia. A codificação deve ser UTF8. Por exemplo, usando MySQL:
CREATE DATABASE moodle DEFAULT CHARACTER SET UTF8 COLLATE utf8_unicode_ci;
  • Crie um usuário e senha com permissões apropriadas para o banco de dados. Por exemplo (MySQL de novo):
mysql> GRANT SELECT,INSERT,UPDATE,DELETE,CREATE,CREATE TEMPORARY TABLES,DROP,INDEX,ALTER ON moodle.* TO 'moodleuser'@'localhost' IDENTIFIED BY 'yourpassword';

Notas: É importante dar as permissões por GRANT no moodle.* usando o nome do banco de dados incluindo '.*' e não apenas o simples nome da base de dados. Guarde essa senha que você colocou para o usuário Moodle, você precisará dela mais para a frente na instalação.

Crie o diretório data

  • Crie um diretório vazio para armazenar os arquivos do Moodle. Ele não deve estar na área visível(pública) do servidor web e deve ter permissões para que ele possa escrever nela. Normalmente, faça-a proprietária do usuário servidor web ou dê-la permissões para escrita para 'todos'.

Instalando o código do Moodle

  • Se você baixou o arquivo .zip ou .tgz antes, descompacte (zip/tar/mover ou copiar) os arquivos de código do moodle (obtidos acima) para serem acessados pelo seu servidor web (p.ex. num Linux baseado em Debian, mova para /var/www/moodle)
  • Verifique as permissões e certifique-se que o servidor web não tenha permissões para escrever/alterar nenhum dos arquivos de código no diretório (uma causa comum de hack de sites pelo root).
  • Se você precisar, configure seu servidor web para servir o site Moodle com sua URL escolhida.

Configurando o Moodle

  • No diretório de código do Moodle, localize o arquivo config-dist.php e faça uma cópia chamada config.php (mas leia o próximo passo 'Instalando o Moodle', antes).
  • Edite o config.php com seu editor e altere as configurações necessárias para apontar para seu site, diretórios e base de dados. Nota: o script de instalação do Moodle criará o config.php para você se não existir, mas certifique-se que você recoloque as permissões necessárias depois

Instalando o Moodle

  • Acesse a URL do seu site Moodle no navegador (a instalação se completará automaticamente) ou execute a versão da linha de comando em (precisa da versão cli do PHP):
/usr/bin/php /path/to/moodle/admin/cli/install.php

O CLI cria o config.php para você, e não será executado se você já criou um no passo anterior.

  • Depois de completar a instalação, certifique-se que suas permissões de arquivo estão OK para os arquivos de programa do Moodle (não podem ser alteradas pelo servidor web) e os arquivos de dados do Moodle (podem ser alteradas pelo servidor web).

Configurando o cron

Você precisará de uma tarefa cron a ser executada regularmente. É recomendado que o cron rode a cada minuto, sendo necessário para eliminação de atividades assíncronas ao usar a lixeira. Um cron Unix típico é da seguinte forma:

* * * * *    /usr/bin/php /path/to/moodle/admin/cli/cron.php >/dev/null

Você não configura o Cron dentro do Moodle, mas no seu servidor. Seu site não funcionará direito a menos que o cron seja rodado regularmente. É muito importante que você não pule este passo.

Veja Cron para detalhes.

Parabéns!

Você está pronto para usar seu site Moodle.

Se encontrar problemas, confira a FAQ da instalação e visite o Fórum de ajuda da instalação (inglês).